Assim devia ser a viagem?
Quero servir-me deste blog para aprender português e divertir-me enquanto recordo alguns velhos quadrinhos espanhois (algum atual). Seguramente logo de mil anos eu rirei com todos os absurdos gramaticais e erros ortográficos... "Terei um montão de post por corrigir!"
Perdoem os erros gramaticais, qualquer indecisão ortográfica, e assinalem essas faltas se dispusserem de tempo, obrigado!

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Viñetas desde el Atlántico 2011

Oswald Spengler até tentou destruir o aparelho de mais dum millão de peças de cerámica e farrapos MP-1958, popularmente chamado de soprador de historietas, que constrói vinhetas de cem em cem anos no mês de agosto na Corunha. Seu fracaso é a victoria dos desenhistas, roteiristas, críticos, livreiros, leitores, e algum editor, que empregaram utilmente o espaço urban.
A nova edição acontece em agosto, a partir do dia oito até o catorze, ainda é praticamente impossível ficar por dentro de tudo o que vai acontecer; já surgiu na web a primeira noticía oficial sobre os diversos nomes e exposições [link]--> http://www.vinetasdesdeoatlantico.com/

Antes do novo festival começar está nos planos deste faminto bloguista recomendar novos e velhos tebeos, autores espanhois, e algum local relacionado com o paladar:


Seu governo não quer confronto sobre a questão, mais voçê sabe que os leitores de banda desenhada e histórias em quadrinhos introduzem alimentos solidos na boca. Os olhos dos leitores de tebeos comem, mas também as suas bocas.
No caso de ter pernas diminutas e um corpo minguado (igual ao meu) compareça num estabelecemento o mais perto possível do Kiosco Alfonso, lugar de exposições e conferencias de Viñetas desde el Atlántico. A Sidrería Casa Lelín (calle de los Olmos, 16) dá ao desfrute de visitantes estrangeiros gastronomía galega e asturiana, é o meu conselho []--> www.casalelin.es
Depois da comida um bom remedio para emagrecer, visite a Biblioteca Infantil e Xuvenil no edificio Salvador de Madariaga. O lugar faz parte do evento onde são expostos os Prémios Castelao de cómic. Uma biblioteca com tebeos e um horário alternativo (luns a venres de 09.00 h a 14.00 h e de 15.00 h a 20.00 h. Sábado de 10.00 h a 13.00 h) para os visitantes neste festival.



Jordi Lafebre, Antonio Altarriba, Teresa Valero, David Rubín: