Assim devia ser a viagem?
Quero servir-me deste blog para aprender português e divertir-me enquanto recordo alguns velhos quadrinhos espanhois (algum atual). Seguramente logo de mil anos eu rirei com todos os absurdos gramaticais e erros ortográficos... "Terei um montão de post por corrigir!"
Perdoem os erros gramaticais, qualquer indecisão ortográfica, e assinalem essas faltas se dispusserem de tempo, obrigado!

segunda-feira, 19 de maio de 2008

Martínez el facha.

A História exibe a seus pequenos monstros depois que decorreu tempo suficiente da extinção das Grandes Bestas da Humanidade. E o faz depressa, pois ainda ninguém sabe se a extinção será felizmente irrepable ou os filhos da Besta encontrarão algum método sinistro de devolver-lhe a vida a seu protetor.
Que tempo dispomos até que a próxima Grande peste caia em cima da História?

No final do 'franquismo' -ditadura franquista- produziu-se em Espanha um enorme crescimento da imprensa humorística com muitíssimas revistas de histórias em quadrinhos de humor azedo
porém só El Jueves publicas-se atualmente. Mas por sua vez um personagem daquele primeiro número de 1977 aparece ainda nas páginas desta revista, o seu nome é Martínez el facha.
Martínez ( o do grande nariz) foi um soldado do bando fascista do ditador espanhol o General Francisco Franco e o protótipo do 'facha' -palavra utilizada para referir-se à pessoa de ideologia política reaccionária- sempre em absurdos negócios ou missões unidas a acontecimentos da atualidade espanhola e internacional. Junto ao senhor Morales, Adolfito, o sacerdote argentino Bocquerini e outros muitos personagens característicos de diferentes graus do espectro reaccionário espanhol, Martínez fracassa na sua defesa do velho ordem moral católico frente as mudanças sociais.
Kim, desenhista e criador desta HQ, utiliza todos os recursos possíveis: lemas políticos nos títulos de seus quadrinhos como o "¡España va bien!" do expresidente Jose María Aznar ou até introduzir personalidades reais e transladar seus personagens a os conflitos internacionais, grandes acontecimentos políticos, onde tudo é criticado convertendo cada nova recopilação de suas aventuras semanais numa crônica de fatos históricos e evolução dos costumes de sua sociedade.
Nesta história em quadrinhos de 1998 Martínez, o sacerdote Bocquerini e o senhor Morales disfarçado de Papai Noel, viajam a Inglaterra para alegrar o natal ao ditador chileno Pinochet, detido depois da reclamação de extradição por crimes contra a humanidade feita pelos órgãos de justiça espanhóis (o juiz Garzón). O conhecimento dos fatos históricos aumenta o valor da leitura desta obra de Kim ainda dez anos depois. Uma guia histórica surpreendente.
Links:
Martínez el facha e Kim.
El Jueves.

2 comentários:

Ismael Fancito. disse...

Corrigindo erros (os que eu posso ver):

-depois de ser reclamado = depois da reclamação de extradição por crimes contra a humanidade feita

Ismael Fancito. disse...

Corrigindo erros (os que eu posso ver):

- Quanto tempo dsipomos até...? = Que tempo dispomos até...?